Tecnologia e formação do indivíduo no Ensino de Filosofia:

Uma investigação a partir do novo Currículo do Ensino Médio de Pernambuco e numa perspectiva filosófica de Álvaro Vieira Pinto

Autores

  • Lucas Alves Simões

Palavras-chave:

O conceito de tecnologia, Álvaro Vieira Pinto, Ensino de filosofia, Formação do indivíduo, Novo currículo do ensino médio de Pernambuco

Resumo

É fato que vivemos em tempos de desenfreados avanços tecnológicos, o ser humano procura, cada vez mais, soluções mais fáceis, mais rápidas e mais eficientes para seus problemas cotidianos. Tem-se em vista sempre a aplicação do que se exige o mínimo esforço possível. É com base nessa realidade que o Novo Currículo de Pernambuco para o ensino médio trata a tecnologia com demasiada importância, compreendendo-a nas suas mais diversas modalidades das quais perpassam a formação do indivíduo. Preocupando-se incisivamente em adaptar o ensino às novas tecnologias que determinam a relação entre o indivíduo e o mundo, além de mudar as práticas e relações sociais, o Currículo de Pernambuco propõe que seja feito uma investigação dessa tecnologia tanto como objeto de conhecimento ou como uma realidade a ser entendida. Para analisar todo esse contexto faz-se uso da filosofia da tecnologia pensada pelo filósofo brasileiro Álvaro Vieira Pinto, que produziu, em determinada fase de seus escritos, o livro "O Conceito de Tecnologia". Nesta obra, que servirá de fundamentação teórica para a pesquisa, o autor traz a problemática da tecnologia como ideologia e tal conceituação será aproveitada para fazer uma análise do uso do termo tecnologia no Currículo de Pernambuco. Admitindo-se o “paradigma hermenêutico” e por se tratar de uma pesquisa teórica privilegia-se a pesquisa bibliográfica e determina-se como objetivo principal investigar a concepção de tecnologia e o impacto da formação do indivíduo, no que diz respeito ao ensino de filosofia, presentes no Novo Currículo do Ensino Médio de Pernambuco a partir da obra “O Conceito de Tecnologia” de Álvaro Vieira Pinto. Para tanto, será utilizado também outras fontes bibliográficas, para aprofundamento do tema, como outros documentos normativos e outros autores que versam sobre o tema.

Referências

ANPOF. GT Filosofia da Tecnologia e da Técnica. Disponível em: https://anpof.org/gt/gt-filosofia-da-tecnologia-e-da-tecnica Acesso em 06 abr. 2023.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Disponível em: http //basenacionalcomum.mec.gov.br/ Acesso em: 06 abr. 2023.

CUPANI, A. Filosofia da tecnologia: Um convite. Florianópolis: UFSC, 2016.

FONSECA, F. Hans Jonas: ética para a civilização tecnológica. Cadernos de Ciências Sociais Aplicadas. n. 5/6, p. 151-168, 2009. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/ccsa/article/download/1916/1633/3232 Acesso em: 06 abr. 2023.

FREITAS, M. Economia e educação: a contribuição de Álvaro Vieira Pinto para o estudo histórico da tecnologia. Revista Brasileira de Educação. v. 11, n. 31, p.80-95, jan./abr, 2006. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbedu/a/hZP6xKjjyFPjFTMkskKpXbc/abstract/?lang=pt Acesso em: 06 abr. 2023.

JONAS, H. O princípio responsabilidade: ensaio de uma ética para a civilização tecnológica. Rio de Janeiro: Contraponto; Editora PUC-Rio, 2006.

MACHADO, A; AMARAL, M. Uma análise crítica da competência cultura digital na Base Nacional Curricular Comum. Ciência & Educação (Bauru) [online]. v. 27, 2021. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/1516-731320210034>. Acesso em: 06 abr. 2023.

PERNAMBUCO. Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco. Currículo de Pernambuco (Ensino Médio). Disponível em:

http://www.educacao.pe.gov.br/portal/?pag=1&cat=37&art=6247 Acesso em 30 ago. 2021.

PINTO, A. O conceito de tecnologia (v.1). Rio de Janeiro: Contraponto, 2005.

SILVA, G.; CARNEIRO, M. O cenário de pesquisas sobre Filosofia da Tecnologia no Ensino de Ciências por meio do estado da arte . Revista Educar Mais, v. 7, p. 190-201, 2023. Disponível em: https://periodicos.ifsul.edu.br/index.php/educarmais/article/view/3088 Acesso em: 06 abr. 2023.

Downloads

Publicado

2023-05-05

Edição

Seção

Artigos Transdisciplinares (Fluxo Contínuo)