Estudo prospectivo de artigos, patentes e softwares voltados à alergia e intolerância alimentar no Brasil

Prospective studie of papers, patents and softwares towards allergies and food intolerance

Autores

  • Paulo Califa Mafra Novaes Instituto Federal do Sertão Pernambucano, Campus Petrolina / PROFNIT UNIVASF
  • Guilherme Sabino Nascimento Sidrônio de PROFNIT-UNIVASF
  • Francisco Kelsen Oliveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano
  • Arão Cardoso Viana IFSertãoPE
  • Daniele Miranda dos Santos Mafra Univasf

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v11i2.474

Palavras-chave:

Alergênicos, Prospecção Tecnológica, Rotulagem de Alimentos

Resumo

A alergia e a intolerância alimentar são um problema de saúde que afeta boa parte da população. As reações adversas causadas no organismo variam de pequenos sintomas ao choque anafilático que pode levar a óbito. A rotulagem dos alimentos possibilita a análise do produto a ser adquirido pelo consumidor e permite a melhor escolha. Entretanto, a rotulagem é constituída por diversas informações, o que pode confundir e desviar a atenção dos consumidores acerca dos componentes alergênicos. O objetivo deste artigo foi realizar uma prospecção científica e tecnológica sobre tecnologias voltadas à alergia e intolerância alimentar em bases acadêmicas e de registro de patentes e softwares para avaliar o panorama nacional. Como resultado, verificou-se que há excelente produção científica a respeito do problema abordado, porém a produção tecnológica brasileira na área da alergia e intolerância alimentar é irrelevante. Existem apenas 04 (quatro) registros de patentes depositadas no INPI por titulares brasileiros e nenhum registro de patente concedida no âmbito internacional. Não foram encontrados softwares ou apps registrados acerca do tema estudado. Assim, este trabalho identificou uma lacuna tecnológica e sugere novos estudos e pesquisas que possam motivar o desenvolvimento de produtos destinados aos consumidores alérgicos e/ou intolerantes.

Referências

AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA (ANVISA). Resolução da Diretoria Colegiada nº. 26, de 02 de julho de 2015. Requisitos para Rotulagem Obrigatória dos Principais Alimentos que Causam Alergias Alimentares. Disponível em: http://antigo.anvisa.gov.br/legislacao#/visualizar/29371. Acesso em: 20 ago. 2022.

BERZUINO, M.B. et al. Alergia Alimentar e o Cenário Regulatório no Brasil. Revista Eletrônica de Farmácia, Goiânia, v. 14, n. 2, 2017. Disponível em: https://revistas.ufg.br/REF/article/view/43433. Acesso em: 23 ago. 2022.

BOSCARDIN, E. et al. Análise crítica da rotulagem de alimentos comercializados. Research, Society and Development, [S. l.], v. 9, n. 8, p. e306984926, 2020. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/4926. Acesso em: 22 ago. 2022.

BRASIL. Software Público Brasileiro (SPB): Catálogo de Software Público Brasileiro. 2022. Disponível em: https://softwarepublico.gov.br/social/search/software_infos. Acesso em: 21 set. 2022.

CAPES. Portal de Periódicos da Capes. Disponível em: www.periodicos.capes.gov.br. Acesso em: 13 ago. 2022.

CENTRO REGIONAL DE ESTUDOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO (CETIC). Sobre o Cetic.br. Disponível em: https://cetic.br/pt/sobre/. Acesso em: 15 set. 2022.

COMITÊ GESTOR DA INTERNET NO BRASIL (CGI). Acesso à Internet por banda larga volta a crescer nos domicílios brasileiros. Disponível em: https://www.cgi.br/noticia/releases/acesso-a-internet-por-banda-larga-volta-a-crescer-nos-domicilios-brasileiros/. Acesso em: 16 set. 2022.

DOMINGUES, A.C.S.A. et al. Perfil de Uso de Aplicativos Móveis: Caracterização e Aplicações. In: Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos (SBRC), 36, 2018, Campos do Jordão. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2018. p. 617-630. ISSN 2177-9384. Disponível em: https://sol.sbc.org.br/index.php/sbrc/article/view/2446/2410. Acesso em: 30 set. 2022.

DUARTE, P.; TEIXEIRA, M.; SILVA, S. A alimentação saudável como tendência: A percepção dos consumidores em relação a produtos com alegações nutricionais e de saúde. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, 2021, 23(3), p.405-421. Disponível em: https://rbgn.fecap.br/RBGN/article/view/4113/1720. Acesso em: 22 ago. 2022.

FAISCA, L.M.; DE CARVALHO, R.A. Dispositivos Portáteis para Detecção de Glúten em Amostras de Alimento: um estudo de prospecção tecnológica. Cadernos de Prospecção, [S. l.], v. 14, n. 4, p. 1174–1185, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/nit/article/view/44086. Acesso em: 26 ago. 2022.

FEITOSA, B.F. et al. Prospecções Científica e Tecnológica Aplicadas a Queijos Caprinos. Cadernos de Prospecção, [S. l.], v. 14, n. 2, p. 573, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/nit/article/view/36677. Acesso em: 26 abr. 2022.

FETZNER, M.; PINHEIRO, C.M.P.; WISSMANN, D. Aplicativos colaborativos como reflexos da economia criativa e da cultura participativa. Diálogo com a Economia Criativa, [S. l.], v. 6, n. 16, p. 79–90, 2021. Disponível em: https://dialogo.homologacao.emnuvens.com.br/revistadcec-rj/article/view/303. Acesso em: 29 set. 2022.

FRAGA, F. de F.C. de P. et al. Elaboração e validação de check list para controle de alérgenos em serviços de alimentação. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 16, p. e144101623373, 2021. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/23373. Acesso em: 22 ago. 2022.

FUNDAÇÃO ALEXANDRE DE GUSMÃO (FUNAG), 2022). As 15 maiores economias do mundo, 2021. Disponível em: https://www.gov.br/funag/pt-br/ipri/publicacoes/estatisticas/as-15-maiores-economias-do-mundo. Acesso em: 20 out. 2022.

FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE SÃO PAULO (FAPESP). Revista Pesquisa FAPESP, Ed. 271, 2018. Disponível em: https://revistapesquisa.fapesp.br/wp-content/uploads/2018/09/012-017_Notas_271-4.pdf. Acesso em: 12 out. 2022.

FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE SÃO PAULO (FAPESP). Revista Pesquisa FAPESP, Ed. 303, 2021. Disponível em: https://revistapesquisa.fapesp.br/wp-content/uploads/2021/05/012-017_notas_303.pdf. Acesso em: 12 out. 2022.

GIL, A.C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 7ª ed. São Paulo: Atlas, 2019.

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA (IPEA). Políticas Públicas para Ciência e Tecnologia no Brasil: Cenário e Evolução Recente, 1ª edição, 2021. Disponível em: https://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/pubpreliminar/210825_publicacao_preliminar_nt_politicas_publicas_para_ciencia_e_tecnoogia.pdf. Acesso em: 13 out. 2022.

INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL (INPI). [Base de dados – Internet]. 2022. Disponível em: http://www.inpi.gov.br/. Acesso em: 19 set. 2022.

INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL (INPI). Publicação IPC. 2022.

Disponível em: http://ipc.inpi.gov.br. Acesso em: 21 set. 2022.

LENS [Base de dados – Internet]. 2022. Disponível em: https://www.lens.org/. Acesso em: 20 set. 2022.

LIMA, G.M.; LIMA, T.L.M.; GUIMARÃES, P.B.V. A Proteção Jurídica de Softwares e sua Contribuição para o Desenvolvimento Brasileiro. Cadernos de Dereito Actual, Lima, n. 11, p. 161-172, 2019. Disponível em: http://cadernosdedereitoactual.es/ojs/index.php/cadernos/article/download/392/227. Acesso em: 18 set. 2022.

PEREIRA, M.C.S. et al. A Perspectiva de Representantes de Políticas Públicas Federais sobre os Rótulos de Alimentos. DEMETRA: Alimentação, Nutrição & Saúde, [S.l.], v. 12, n. 4, p. 1147-1163, nov. 2017. ISSN 2238-913X. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/demetra/article/view/29571. Acesso em: 23 ago. 2022.

PINTO, A.P.R.; MELLO, E.D. de. Alergia alimentar ao trigo. International Journal of Nutrology. Vol. 12, n. 1 (2019), p. 13-17. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/handle/10183/200750. Acesso em: 22 ago. 2022.

POMIECINSKI, F. et al. Estamos vivendo uma epidemia de alergia alimentar? Revista Brasileira em Promoção da Saúde, [S. l.], v. 30, n. 3, 2017. Disponível em: https://periodicos.unifor.br/RBPS/article/view/7080. Acesso em: 22 ago. 2022.

PRYSTHON, C.; SCHMIDT, S. Experiência do Leaal/UFPE na produção e transferência de tecnologia. Ciência da Informação, [S. l.], v. 31, n. 1, 2002. Disponível em: https://revista.ibict.br/ciinf/article/view/980. Acesso em: 20 set. 2022.

QUEIROZ, É.J.S.N. et al. Embalagens de Leite Condensado: prospecção e evolução tecnológica de inovações em embalagens para alimentos tomando como referência o produto leite condensado. Cadernos de Prospecção, [S. l.], v. 15, n. 2, p. 478–493, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/nit/article/view/46295. Acesso em: 26 ago. 2022.

QUINTELLA, C.M. et al. Prospecção Tecnológica como uma Ferramenta Aplicada em Ciência e Tecnologia para se Chegar à Inovação. Revista Virtual de Química, [s.l.], v. 3, n. 5, p. 406-415, dez. 2011. Disponível em: http://rvq-sub.sbq.org.br/index.php/rvq/article/view/193. Acesso em: 08 set. 2022.

REIS, V.S. et al. Avaliação do teor de sódio em salgadinhos comerciais e da rotulagem de acordo com a RDC nº 26/2015 sobre alergênicos alimentares. Brazilian Journal of Food Technology [online], v. 23, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1981-6723.09319. Acesso em: 21 ago. 2022.

RIBEIRO, N.M. Prospecção tecnológica [Recurso eletrônico on-line]. Salvador (BA): IFBA, 2018. Disponível em: https://profnit.org.br/wp-content/uploads/2018/08/PROFNIT-Serie-Prospeccao-Tecnologica-Volume-1-1.pdf. Acesso em: 15 set. 2022.

SANTOS, R.T. dos S. et al. Estudo Prospectivo de Documentos de Patentes Relacionados à Produção de Bebidas Alcoólicas Fermentadas de Frutas. Cadernos de Prospecção, [S. l.], v. 14, n. 1, p. 242, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/nit/article/view/30515. Acesso em: 26 ago. 2022.

SARINHO, E.S.; LINS, M.G. Formas graves de alergia alimentar. Jornal de Pediatria, 2017; 93: 53-9. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.jped.2017.06.021. Acesso em: 22 ago. 2022.

SILVA, E.M. da et al. Prospecção no Âmbito da Produção de Antioxidantes Naturais para Inserção no Mercado Alimentício. Cadernos de Prospecção, [S. l.], v. 15, n. 1, p. 245–260, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/nit/article/view/43058. Acesso em: 26 ago. 2022.

SILVA, M.G.D.; ABUD, A.K.S. Análise da produção científica brasileira sobre alimentos e ingredientes prebióticos na Scopus e Web of Science. Ciência da Informação, [S. l.], v. 50, n. 1, 2021. Disponível em: https://revista.ibict.br/ciinf/article/view/5171. Acesso em: 20 ago. 2022.

STECCA, R. da S. et al. A gestão da informação nos aplicativos de delivery online de alimentação: o caso em uma empresa do interior de São Paulo. Ciência da Informação, [S. l.], v. 49, n. 2, 2020. Disponível em: https://revista.ibict.br/ciinf/article/view/5151. Acesso em: 20 ago. 2022.

Downloads

Publicado

2023-08-31

Como Citar

CALIFA MAFRA NOVAES, P.; SABINO NASCIMENTO SIDRÔNIO DE, G. .; KELSEN OLIVEIRA, F.; CARDOSO VIANA, A.; MAFRA, D. M. dos S. Estudo prospectivo de artigos, patentes e softwares voltados à alergia e intolerância alimentar no Brasil: Prospective studie of papers, patents and softwares towards allergies and food intolerance. Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 11, n. 2, p. 436–456, 2023. DOI: 10.31416/rsdv.v11i2.474. Disponível em: https://revistas.ifsertao-pe.edu.br/index.php/rsdv/article/view/474. Acesso em: 14 jun. 2024.