O ensino médio integral integrado e o estudo do patrimônio cultural: Análise do Projeto “Conhecendo o patrimônio da Cidade”.

Integrated full-time secondary education and the study of cultural heritage: Analysis of the Project “Knowing the heritage of the City of Piranga-MG”.

Autores

  • Danielly Meireles Dias Universidade Federal de Viçosa

DOI:

https://doi.org/10.31416/rsdv.v11i2.444

Palavras-chave:

Patrimônio Cultural; alunos; ensino médio; educação patrimonial; Piranga.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo refletir sobre as ações desenvolvidas no projeto: Educação Patrimonial: Conhecendo o patrimônio da Cidade, desenvolvido em cinco turmas do primeiro ano do ensino médio integral integrado na Escola Estadual Coronel José Ildefonso, localizado na cidade de Piranga Minas Gerais, em 2018. O projeto fez parte das atividades propostas pela disciplina Pesquisa e Intervenção, implementada pelo novo ensino médio integral. O projeto teve como objetivo identificar, com os alunos, o patrimônio cultural existente na cidade, analisando o seu valor histórico, cultural e artístico. Com o intuito de constatar quais são os bens patrimoniais e qual a sua relação com a identidade local, visando conscientizar acerca da importância de estudá-los e preservá-los como exercício de cidadania e protagonismo dos estudantes. Este estudo problematizou os desafios existentes e a importância da educação patrimonial para o ensino básico, pautando no estudo conceitual das definições de patrimônio, memória, identidade e pertencimento, para isso foram estudados os vários tipos de patrimônio cultural, os processos de formação da cidade, os meios de proteção e as relações sociais que ele envolve.

Referências

BALTAZAR, A. Patrimônio cultural: técnicas de arquivamento e introdução Museologia. Batatias, Claretiano, 2011.

BRASIL. Portaria nº 727, de 13 de junho de 2017. Estabelece novas diretrizes, novos parâmetros e critérios para o Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral - EMTI, em conformidade com a Lei nº 13.415, de 16 de fevereiro de 2017.

CANCLINI, Néstor Garcia. O Patrimônio Cultural e a construção imaginária do nacional. Revista do Patrimônio Histórico e Artístico, Rio de Janeiro: IPHAN, n.º 23, 1994.

COELHO, Samary Pinheiro; CUTRIM, Klautenys Dellene Guedes. A base nacional comum curricular e sua contribuição para a preservação do patrimônio. Paper do Naea 2020, Volume 1, n. 3, Edição/Série 501.

CHOAY, Françoise. A Alegoria do patrimônio. São Paulo: Estação Liberdade: Editora UNESP, 2001.

DIAS, Danielly Meireles; SANTOS, Eduarda Alves; DINIZ, Patrícia Almeida. Patrimônio Histórico e Memória: De casarão a centro de referência. 2017. 89 f. Monografia (Especialização) - Curso de História, Instituto de Ciências Humanas, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2017. Cap. 4.

LE GOFF, Jacques. História e memória. Campinas: Unicamp, 2003 – 5ª edição.

MINAS GERAIS. Documento Orientador das Ações de Educação Integral no Estado de Minas Gerais: Educação Integral e Integrada. Versão III. 2017. 78p.

RIBEIRO, Georgenes José Oliveira. Ensino Médio Integral Integrado em Minas Gerais: os desafios na implementação do programa em uma escola estadual na Superintendência Regional de Ensino de Almenara/MG. Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Juiz de Fora, Faculdade de Educação/CAEd. Programa de Pós-Graduação em Educação, 2020. 130 f.

TODOROV, Tzvetan. Los abusos de la memória. Barcelona: Paidós, 2000.

Downloads

Publicado

2023-08-31

Como Citar

MEIRELES DIAS, D. O ensino médio integral integrado e o estudo do patrimônio cultural: Análise do Projeto “Conhecendo o patrimônio da Cidade”.: Integrated full-time secondary education and the study of cultural heritage: Analysis of the Project “Knowing the heritage of the City of Piranga-MG”. Revista Semiárido De Visu, [S. l.], v. 11, n. 2, p. 527–540, 2023. DOI: 10.31416/rsdv.v11i2.444. Disponível em: https://revistas.ifsertao-pe.edu.br/index.php/rsdv/article/view/444. Acesso em: 14 jun. 2024.